Tag Archives: teatro

Tudo Por Um Pop Star – Musical

31 mar

Esse foi o primeiro livro que li da Thalita Rebouças, tinha uns 10 anos e adorei. Então quando descubro que ia virar uma peça musical, mesmo com 18 anos, surtei e botei na cabeça que ia ver de qualquer forma.

704400_406437919439218_1586004859_o

A história é de três amigas Manu, Gabi e Ritinha que moram em Resende e descobrem que os seus ídolos, a boyband Slavabody Disco Disco Boys (oi? É, é esse o nome mesmo), vão fazer um show no Rio, elas querem mais do que tudo ir vê-los. Então elas pedem ajuda para a prima de Manu, a Babete (que é louca e é minha personagem favorita no livro e na peça), para conseguirem convencer os pais de  deixarem ir pro show. Basicamente é isso.

416684_406437852772558_4907048_o

Jullie, Thais Belchior, Larissa Bougleux e Thati Lopes.

Gente, a peça é muito boa. Sério. Eles adaptaram muito bem e as músicas foram ótimas. Vai de Restart a One Direction e de Barão Vermelho a The Beatles. Os atores são ótimos e eu consegui visualizar cada personagem neles, de verdade.  A direção é de Pedro Vasconcellos e roteiro de Gustavo Reiz. Na hora eles fazem uns improvisos bem legais e fazem contato com a plateia, o que eu achei bem legal.

Tem algumas cenas que se passa no telão, como se fosse um cinema (por exemplo, quando aparece os pais delas), Thalita Rebouças comenta algumas partes e no final ainda conta uma história dela quando era fã do RPM.  Os meninos da banda falam meio americanizados o que é bem engraçadinho e o cara que faz o Davi(melhor amigo da Babete e onde as meninas vão ficar no Rio) é demaaaaais, foi a parte mais engraçada da peça!

286139_406437969439213_683031953_o

Raphael Rossatt, Christian Villegas e Igor Pontes.

Agora, a história de como eu vi a peça hahaha. Consegui ver só na terceira tentativa, na primeira cheguei meia hora atrasada por causa do trânsito, na segunda vez apareceu um compromisso de última hora e não  dava para ir. Insistimos em ir uma terceira vez, mas se não conseguisse dessa vez ia ser a última tentativa também.

Chegamos e a fila estava grande e já era quase a hora do início da peça, estávamos preocupadas em não ter ingresso suficiente, até que vem uma mulher na gente e pergunta se vamos ver a peça, começou a conversar até que chama a minha mãe pra fora da fila porque não pode falar alto o que tem pra dizer, aí não entendi nada e fiquei achando que ia vir treta. Então ela fala pra minha mãe que é mãe de uma das atrizes principais e que tem quatro ingressos sobrando e que queria dar pra gente porque a pessoa pra quem ela reservou não pode ir. Sério!

Então assisti a peça de graça, na primeira fileira (morrendo de medo deles mexerem comigo e acabar chamando pra ir ao palco) e a Babete ainda brinca comigo no meio da peça hahaha. Tive que compartilhar isso, pois foi surreal!

Minha mãe que achava que ia ser bobo, adorou! E eu mais ainda! A peça vai ficar em cartaz até o final de abril então quem tiver a oportunidade de ir, por favor, vá e me conte o que achou!

416630_406439846105692_47540676_o

Facebook

natalia

Anúncios