Tag Archives: música

Tiago Iorc

30 jul

Tiago Iorczeski nasceu no Brasil, mas morou na Inglaterra e nos Estados Unidos durante muito tempo, por isso fala tanto Inglês quanto Português, mas se sente mais a vontade com o Inglês. Em 2007, compôs Nothing But A Song só de brincadeira, para testar seus dotes de compositor e enviou para os amigos. A música acabou chegando a alguém da Som Livre, que gostou e colocou na trilha sonora de Malhação. Daí pro convite a gravação na mesma gravadora que o revelou foi um pulo.

O álbum Let Youself In foi lançado em 2008, com nove músicas compostas por ele e os covers de My Girl e Ticket to Ride. Eu só fui conhecer o álbum e o Tiago em 2009, pois a música Blame (uma das minhas preferidas até hoje) foi tema de um comercial maravilhoso da Renner, o que me fez ir atrás do nome e de quem cantava. E que agradável surpresa! O álbum é todo baseado no pop rock e tem letras fofas e um ritmo descontraído e envolvente, bem jovem e leve e, convenhamos: chiclete.


Já em Umbilical, de 2011, Tiago está mais maduro e isso reflete nas músicas, mais profundas e pessoais. Quem acompanhou o trabalho dele desde o início, provavelmente amadureceu junto com ele, então a identificação é mútua. O álbum começou a ser gravado no Rio e depois Tiago foi a NY onde trabalhou com o produtor Andy Chase no restante do CD. Dos dois trabalhos já lançados dele, esse é o meu preferido. As músicas são extremamente delicadas e verdadeiras e é perceptível que ele se sente mais a vontade nesse estilo mais alternativo do que no pop do álbum anterior.


O novo álbum de Tiago se chama Zeski (o restante de seu sobrenome, haha) e foi lançado hoje no iTunes (o álbum físico só sai lá pra metade de Agosto)! Dentre as músicas, estão: Música Inédita (com participação de Maria Gadu), It’s a Fluke, Forasteiro (com participação de Silva) e Yes and Nothing Less, sendo que as últimas duas têm clipes.


O álbum conta com uma regravação de Tempo Perdido, da Legião Urbana, que pode ser conferida em vídeo que faz parte do projeto Studio 62 do fotógrafo e diretor Rafael Kent, e também com a música Um Dia Após o Outro, com participação de Daniel Lopes. Ou seja: Tiago está se acostumando com o português!


Quem quiser comprar, é só clicar aqui!

E por fim, queria dividir com vocês a maior perfeição do mundo: Tiago Iorc cantando Morena dos Los Hermanos! Gente, é muito amor, assistam!


P.S: Assistam também o clipe de Forasteiro aqui, é muito divertido!

ywybv8ilgg1y5hfv9ks9

Anúncios

Novo single da Birdy

27 jul

birdy-600x450

Quando eu apresentei a Birdy a vocês (nesse post aqui ), eu disse que havia boatos de que ela iria lançar um álbum de originais. Bom, esse dia finalmente chegou!

Fire Within tem lançamento previsto para 23 de Setembro no Reino Unido. O primeiro single, Wings, foi divulgado essa semana, mas por enquanto conta apenas com o áudio.

 

A tracklist também foi divulgada e já tem até as faixas bônus da versão deluxe, eike eficiência!

  1. Wings
  2. Heart of Gold
  3. Light Me Up
  4. Words As Weapons
  5. All You Never Say
  6. Strange Birds
  7. Maybe
  8. No Angel
  9. All About You
  10. Standing In The Way Of The Light
  11. Shine

Deluxe

  1. The Same
  2. Dream
  3. Older
  4. Home

Além disso, ela divulgou um vídeo que também tem o preview de outra música do álbum, No Angel.

E aí, ansiosos para Fire Within?

ywybv8ilgg1y5hfv9ks9

Fifth Harmony

18 jul

Só eu que estava sentindo falta de uma girlband com músicas que não saem da sua cabeça?

Ally Brooke, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Camila Cabello e Dinah Jane

Ally Brooke, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Camila Cabello e Dinah Jane

A banda foi formada no The X Factor do ano passado e chamou bastante atenção aqui fora como o Emblem3. Ficou em terceiro lugar na competição, mas assinou um contrato com a gravadora de Simon Cowell, que era o seu técnico no programa. Com o disco pra ser lançado ainda esse ano, foi divulgado o clipe do primeiro single das meninas que está ótimo e já escutei incontáveis vezes:


 E lançaram o áudio da nova música delas e eu gostei bastante também!


 Mas elas não focaram só no álbum e também fizeram covers pro youtube e ainda fizeram parceria com o Boyce Avenue!

 

 
Minha preferida é a Lauren, mas todas cantam muito bem e é difícil ter uma banda onde todo mundo é ótimo! Estou ansiosa pelo disco e tenho certeza que elas vão fazer muito sucesso ainda.

Twitter Facebook

natalia

Pinky Wednesday: The Voice

11 jul

Sempre quis assistir o The Voice US por motivos de: Adam Levine. Sim, sou dessas. Mas eu sempre esquecia de acompanhar e como eu não vi a versão brasileira, eu nem sabia como era o estilo do programa. Mas esse ano Usher virou um dos jurados então eu não pude perder a oportunidade de ver Adam e Usher em um mesmo programa.

Eu adorei o formato da competição e pude conhecer vários talentos! Muitos dizem que o nível dos participantes dessa temporada foi bem superior que dos anos anteriores e eu acho que é verdade porque tinha muita gente boa no programa. Danielle Bradbery de 16 anos foi a grande campeã da edição, mas eu sou Team Michele desde que ela apareceu pela primeira vez e fiquei bastante chateada quando ela ficou em segundo lugar. Danielle, que era do time de Blake Shelton, fez com que o cantor ganhasse pela terceira vez no programa.

Então eu fiz uma seleção de apresentações que mais gostei do programa todo, infelizmente alguns vídeos estão em péssima qualidade ou eu não achei o vídeo da apresentação, pois o canal do programa não está disponível no Brasil.

Sarah Simmons – One of Us

Eu adoro essa música e fiquei toda arrepiada quando escutei essa mulher cantando. A voz dela é tão poderosa que você fica impressionado em como ela ainda não é uma cantora de sucesso e não é lindo o pai dela chorando?!

Kris Thomas – Saving All My Love For You

Eu tenho certo medo de pessoas que cantam Whitney Houston porque eu sempre acho que não vai ser bom, afinal, estamos falando de Whitney Houston, mas qual foi a minha surpresa que um homem ia cantar tão bem uma música dela? O que é esse agudo dele?

Ryan Innes – Gravity

 O único vídeo que achei foi esse da família dele vendo o programa então se você quiser ver a apresentação dele você coloca a partir de 2:30!

Como esse homem não ficou até final? Isso é o que eu me pergunto sempre! Eu fiquei arrepiada desde o primeiro ‘gravity’ e parece que não fui a única já que Adam apertou o botão aí também. Uma pena que ele foi eliminado na próxima etapa, mas espero ver mais coisa dele por aí. Se você quiser escutar a versão de estúdio é só clicar aqui.

Judith Hill & Karina Iglesias – It’s a Man’s Man’s Man’s World

Judith era a voz mais poderosa da competição e a preferida para ganhar, então quando Adam colocou a Karina para competir com ela eu achei que Judith ia esmagar ela, mas qual foi a minha surpresa e a de muitos que Karina conseguiu segurar muito bem e fizeram o melhor Battle Round da temporada e segundo Adam, de toda a competição e eu acho bem provável. Fiquei com pena do Adam por ele ter que escolher somente uma delas.

Garrett Gardner – I Want It That Way

Eu tenho um fraco por voz rouca, então quando Garrett apareceu pela primeira vez ele logo se tornou um dos meus preferidos da competição. Adorei a versão dele para a música do Backstreet Boys e também gostei bastante da sua versão de Imagine do John Lennon, mas não achei o vídeo. Fiquei chateada quando ele saiu tão cedo da competição também.

Michelle Chamuel – True Colors

Na sua audição, Michelle cantou Katy Perry então eu fiquei surpresa com essa escolha do Usher para ela porque é uma música mais lenta e ela arrasou! Sou apaixonada por essa música e me emocionei junto com ela cantando.

Josiah Hawley – The Man Who Can’t Be Moved

Amo essa música e Josiah mostrou que não é só mais um rostinho bonito com essa apresentação. Gostei muito e pra mim foi a sua melhor performance no programa.

Sarah Simmons – Mamma Knows Best

Sarah durante algum tempo só cantou músicas um pouco mais lentas e angelicais, mas, para mim, a sua voz é para cantar músicas desse estilo porque mostra todo o seu poder vocal. Achei simplesmente perfeita essa apresentação.

Michelle Chamuel – Just Give Me a Reason

Outra música que eu amo e que fiquei ainda mais apaixonada com a versão da Michelle <3. E podemos perceber o orgulho do Usher!

Judith Hill – The Way You Make Me Feel

Judith já fez um dueto com o Michael Jackson, só aí já podemos ver o quanto que ela é boa. Ela é aquela concorrente que todos sabem que é ótima. Então, nada mais justo que ela faça uma apresentação com uma música de MJ e eu achei que ficou ótimo! Melhor apresentação dela.

Amber Carrington – Skyfall

Tenho também medo de pessoas que cantam Adele e já escuto com certo preconceito porque sempre acho que não vai ficar bom. Amber fez uma apresentação tão boa que me fez gostar da música já que eu não gostei muito na versão da Adele. E preciso dizer que ela estava linda! (shippei ela com o Adam depois dessa apresentação hahaha)

Danielle Bradbery – Please Remember Me

Da grande vencedora da competição eu só gostei mesmo dessa apresentação. Pode ser porque eu gosto bastante da música ou porque eu não conhecia a maioria das músicas que ela cantava já que ela é country e eu não costumo escutar muito esse tipo de música.

Michelle Chamuel – Time After Time

Acho que ninguém tem dúvida que a melhor dupla da temporada foi Usher e Michelle. Estava estampado para todos o orgulho que ele tinha toda vez que ela cantava e o quanto ela era agradecida a ele por tudo que ele tinha feito para ajudar ela. Ela cantou essa música em homenagem a ele e ficou lindo! (shippando os dois também hahaha) 

Michelle Chamuel & One Republic – Counting Stars

E o que Michelle faz na final para ficar ainda mais no meu coração? Canta com o One Republic, que é uma das minhas bandas preferidas! Achei que ficou ótimo e estou esperando mais parcerias assim.

E para fechar o post, eu deixo todo o charme do Usher com vocês:

natalia

Pinky Wednesday: Emblem3

30 maio

Fiquei tão animada com o vídeo da nova música dos meninos que quero que todas as pessoas os conheçam! Hahaha

Emblem3-02

A banda é formada por Wesley Stromberg (o meu preferido), Keaton Stromberg (o mais novo) e Drew Chadwick (o mais velho) e eles não gostam de ser classificados como boy band. A banda é de Huntington Beach, California e tem como influência Sublime e Jack Johnson, entre outros.

Apesar de Drew não ser irmão dos dois, eles tem uma harmonia como se fossem da mesma família! A maioria das músicas da banda foi escrita por ele, que geralmente canta as partes de rap das músicas e toca violão. Wesley é a voz principal da maioria das músicas, é responsável pela produção e toca guitarra e também violão e Keaton toca baixo. Na antiga formação, também tinha Kenny Galbraith que tocava percussão e Kyle Miner que tocava saxofone e bateria.

emblem-3-12

Quase um ano depois de a banda ter ganhado Rock N’ Road OC, a primeira competição deles, eles decidiram se inscrever pro The X Factor USA, mas somente Wesley, Keaton e Drew puderam participar porque os outros não cantam. Na audição do programa eles decidiram cantar uma música original, o que fez com que todos ficassem surpresos e L.A Reid perguntar se eles tinham certeza disso e ainda bem que eles fizeram isso! Surpreenderam todos e já conseguiram fãs a partir daí.

Infelizmente eles ficaram em quarto lugar na competição (o que não me conformo até hoje, se pelo menos a Carly tivesse ganhado…), mas um mês depois a banda assinou com Syco Music e a Columbia Records, em parceria, e já estão gravando o primeiro álbum. O produtor do álbum é Savan Kotecha que já produziu músicas de Usher, Maroon 5 e One Direction! O álbum deve ser lançado ainda esse ano e Drew declarou que uma turnê pelo Brasil está sendo planejada pela banda!

Como eu gostei de todas as apresentações deles no programa, foi difícil escolher o meu Top 5!

Sunset Blvd

Sunset Blvd surpreendeu a todos e se tornou o primeiro single deles. Quando acabou o programa eu já fui procurar o download da música hahaha. E para estrear o canal deles no VEVO, eles apresentaram ao vivo essa música:

One Day

Primeira apresentação ao vivo e eles arrasaram! E a reação da Demi foi a melhor hahaha

My Girl/California Gurls/What Makes You Beatiful

Na segunda semana das apresentações ao vivo o tema era de músicas de filmes e eles fizeram esse mashup e ficou fantástico!

Secrets

Eu adoro essa música do One Republic e a versão deles ficou bem legal!

Hey Jude

Eu surtei quando vi que eles iam cantar essa música na semi final, porque é uma das minhas músicas preferidas e a minha música preferida dos Beatles (igual ao Wesley) e fiquei ansiosa para ver o resultado final. E como ficou perfeito! O início mais lento e depois dando o toque deles, só posso dizer que amei! E Keaton cantando a parte do Paul, ficou ótima! Minha apresentação preferida de todas! Tanto o desempenho de palco quanto a apresentação da música.

Ok, eu não resisti e coloquei uma apresentação bônus:

Just the Way You Are

Acho que foi a única apresentação deles com uma música mais lenta e eu adorei.

Tenho certeza que eles vão fazer muito sucesso ainda!

Twitter   Facebook

natalia

Emblem3

29 maio

emblem3_live_show_oct_31

Conheci Emblem 3 no The X Factor, como a maioria, e me apaixonei logo na primeira apresentação e já queria o CD deles em casa! Tornaram-se os meus favoritos na competição e sabia que iriam longe. Hoje eles lançaram o clipe da nova música deles e por causa disso eu resolvi fazer um post para mostrar o clipe para vocês e amanhã vou fazer o Pinky Wednesday deles para mostrar as melhores apresentações no programa.

Depois de ter visto o episódio em que eles aparecem eu fui logo procurar no youtube para ver se tinha algum vídeo deles e encontrei esse cover do Maroon 5 que eu adorei (como não se apaixonar mais?):

Admito que fiquei com um pouco de medo de me decepcionar com a nova música que eles lançaram, mas como eu estava enganada! A música é tão boa quanto a que eles apresentaram na audição do programa e é aquele tipo de música que fica gravada na sua cabeça. O clipe está muito legal e os meninos estão lindos!

Vamos ficar de olho neles porque eu sei que vão longe!

natalia

Pinky Wednesday: The Carrie Diaries

24 abr

Mais um post sobre The Carrie Diaries porque necessito da segunda temporada!

Para saber mais sobre a série veja o post que a Mariana fez!

carrie-diaries-sebastian-carrie-headphones

Quando eu descobri que The Carrie Diaries ia se passar nos anos 80, fiquei ansiosa para ver as roupas e as músicas da série e fiquei surpresa com a trilha sonora maravilhosa. Então vou mostrar hoje as melhores músicas, na minha opinião, que se passou na série:

 Girls Just Want to Have Fun

Logo no piloto já temos várias músicas fantásticas. Esse sucesso de Cindy Lauper é apresentado primeiro na versão de Greg Laswell (que eu amei) e depois aparece já na versão original no final do episódio:

cena

cena

Bette Davis Eyes

Essa música de 1981 de Kim Carnes apareceu na primeira cena de Carrie em NY.

cena

Just Can’t Get Enough

Música de Depeche Mode apareceu quando conhecemos uma das melhores personagens da série: Larissa!

cena

Our House

Da banda inglesa Madness que esteve na última cena do segundo episódio da série, me fez lembrar Carrie e as amigas em Sex and the City.

cena

Overkill

De Men At Work de 1983.

cena

I Feel the Earth Move

De Carole King, aparece em um flashback da mãe de Carrie.

 cena

It’s My Life 

De Talk Talk, foi uma das melhores músicas que já tocou na série e uma das que eu mais gosto.

cena

Eye of the Tiger

Sucesso de Survivor que fez essa cena ser mais engraçada por causa da música! Mouse está impagável.

cena

Take On Me

Do A-Ha, cantei junto quando tocou, pois eu amo essa música!

cena

Like a Virgin

Claro que tinha que ter uma música da Madonna e nada melhor do que essa. Na primeira vez que aparece é na própria versão de Madonna, mas no final do episódio aparece com a versão de Fay Wolf (que eu gostei bastante).

cena

cena

Heaven

Bryan Adams canta essa música linda no season finale da série.

cena

Cruel Summer

E para fechar a série, uma música da banda inglesa Bananarama que se encaixou perfeitamente com o final.

cena

tumblr_mliwndvUjh1s5wejqo1_500

Se você ainda está com dúvida se deve assistir essa série ou não, veja o quanto de música boa teve só em 13 episódios!

natalia

Your Song

14 abr

Sim, eu vou fazer um post sobre a minha música preferida.

“I know it’s not much, but it’s the best I can do my gift is my song and this one’s for you”

Esse foi o primeiro single de Elton John e é do seu segundo álbum intitulado de “Elton John”. Composta em 1967, “Your Song” foi uma das primeiras parcerias entre Elton John e Bernie Taupin, que tinha apenas 17 anos de idade quando escreveu a letra (“por isso os sentimentos extraordinariamente virginais”, ele diz) e Elton John só levou vinte minutos para compor a música.

A primeira gravação de estúdio seria feita pelo Three Dog Night que seria incluída no álbum It Ain’t Easy de 1970. No mesmo ano, quando a interpretação de Elton John chegou nos Estados Unidos como single, (sete meses depois do lançamento de Tumbleweed Connection, seu terceiro álbum), o Three Dog Night preferiu não lançá-la no formato compacto, para ajudar o jovem compositor que, em dezembro de 1970, se destacava nas paradas de sucesso.

A canção foi escrita no café da manhã na casa dos pais de Elton, onde Bernie estava hospedado. A letra original tem manchas de café sobre ela. Elton diz que esta música não é para alguém em particular, de modo que Taupin se recusou a revelar a identidade da pessoa – se essa pessoa realmente existe – que inspirou essa canção. Ele disse em uma entrevista para Music Connection em 1989: “Uma das letras mais ingênua e infantil em todo o repertório da música, mas eu acho que a grande razão é porque era real na época. Isso foi exatamente o que eu estava sentindo, eu tinha 17 anos e estava vindo de alguém cuja visão sobre o amor ou a experiência com o amor era totalmente nova e ingênua. Agora eu nunca poderia escrever essa música de novo ou imitá-la, porque as músicas que eu escrevo agora que falar de amor vindo de pessoas da minha idade geralmente lidam com casamentos desfeitos”.

John Lennon disse “A primeira coisa nova que aconteceu desde que nós (The Beatles) acontecemos”. Eles acabaram se tornando bons amigos.

John Lennon Comes Back with Elton John

Elton John realiza a música em todos os seus concertos, ele disse uma vez que não acha que tenha escrito outra canção de amor tão boa desde então. Em 1971 o seu álbum foi indicado ao Grammy e em 2003 foi classificado como o 468º melhor álbum de todos os tempos pela revista Rolling Stones.

Muitos artistas já gravaram versões para essa música como Ellie Goulding, Billy Paul e Rod Stewart. Desempenhou um papel importante no filme Moulin Rouge e até teve destaque em um episódio de Os Simpsons, em que Apu queria presentear a esposa no dia dos namorados e no final acabou ganhando uma perfomance especial com a frase “This one’s from Apu” no lugar de “This one’s for you”.

 

único vídeo que eu achei com a cena do filme

 

O que me motivou a fazer esse post foi saber que ela seria cantada em Glee e pelo Blake!! Amo a música (lembro que Mariana ficava escrevendo trechos da letra na minha apostila do colégio hahaha) e adorei a versão na voz do Blake:

“I hope you don’t mind, I hope you don’t mind that I put down in words how wonderful life is now you’re in the world”

natalia

Músicas da Disney que você nunca ouviu

26 mar

O processo de criação de um filme é complicado, até mesmo o de um filme de animação. A equipe tem que criar baseando-se no roteiro, e como a animação não envolve pessoas de verdade, muita coisa pode ser cortada, até mesmo os personagens!

A Disney é um dos maiores estúdios de animação do mundo todo e produziu filmes clássicos que são amados por inúmeras gerações. E como não podia deixar de ser, esses filmes foram muito recortados até chegarem ao que a gente conhece. Aqui vocês vão ver algumas músicas (e até mesmo personagens) que não foram incluídos nos filmes de fato.

Algumas músicas provavelmente foram cortadas logo no tratamento inicial, por isso estão em storyboard. E as que nem chegaram a essa fase não tem nem storyboard. E todas são em inglês. Mas se você é mega fã da Disney, isso não vai ser problema!

Aladdin

Aladdin foi um dos filmes mais picotados everrrr. Personagens, músicas e até partes da história em si foram retiradas do filme. Algumas das músicas descartadas eventualmente apareceram em edições especiais dos DVDs e até mesmo nos CDs da trilha sonora do filme.

Proud of Your Boy – Sim, Aladdin tinha mãe. E ela foi cortada porque os produtores achavam-na supérflua demais. Porém, o compositor Howard Ashman gostava muito da personagem e escreveu essa música em que o Aladdin promete a ela que ele ainda vai ser motivo de orgulho (todas chora). EU NEM ACREDITO QUE ESSA MÚSICA E A MÃE DO ALI FORAM CORTADAS. Enfim, a música só começa em 1:45, antes tem uma pequena introdução da equipe.

 

Humiliate the Boy – Há pelo menos dois motivos para essa música não ter sido incluída no filme. O primeiro é a mudança na história: no começo, o Gênio não tinha uma quantidade limitada de desejos, ele podia conceder quantos a pessoa pedisse, como se pode ver nessa música. Logo, quando isso mudou para apenas 3 desejos, a música não fazia mais sentido. E o segundo motivo não é tão concreto assim: a música é um tanto sombria se comparada ao resto do filme (e eu não concordo, mas enfim, quem sou eu?).

Mulan

Keep ‘Em Guessing – SIM, O MUSHU TINHA UMA MÚSICA. I CAN’T EVEN!!!!!!!

O Rei Leão

To Be King – Não há uma resposta certa do porquê essa música não entrou pro filme, mas acho que fica bem claro quando se compara o temperamento do Mufasa e do Zazu nessa música com o do filme em si.

Pocahontas

Dancing to the Wedding Drum – No começo, Kocoum era um tanto quanto extrovertido. Depois, quando decidiram que ele ia fazer o tipo rabugento, essa música perdeu o sentido.

 

Essas foram só algumas das músicas que eu achei, basicamente as que eu mais gostei. Se vocês procurarem no Youtube, vão achar cenas e músicas deletadas e versões alternativas também. Tem muito material pra deixar os fãs soterrados, haha

ywybv8ilgg1y5hfv9ks9