Tag Archives: jane austen

Pinky Wednesday: Keira Knightley

23 maio

Vou falar sobre os três filmes que mais gosto da Keira Knightley, que é uma das minhas atrizes preferidas e que se casou no início desse mês!

Keira_Knightley__1722824a

Keira Christina Knightley  nasceu em 26 de março de 1985 em Teddington, Londres. Filha de Sharman Macdonald, uma dramaturga premiada escocesa de meia ascendência galesa e Will Knightley, um ator inglês de teatro e televisão. Tem um irmão mais velho chamado Caleb. Na idade de três anos, ela já queria um agente de talentos, mas seus pais só deixaram com seis anos e permitiram trabalhar em produções nas suas férias de verão, ela notou que já queria atuar em nessa época. Keira foi diagnosticada com dislexia com seis anos, mas foi bem sucedida na escola e recusou seu lugar na Academia de Música e Arte Dramática de Londres para se focar na atuação.

Ela se apresentou em uma série de produções amadoras locais e aos sete anos teve seu primeiro papel na televisão no episódio “Royal Celebration” da série Screen One. Ela continuou atuando na televisão e fez sua estreia no cinema em 1995. A primeira vez que teve o seu nome mencionado no mundo inteiro foi quando ela interpretou Sabé, o papel de Natalie Portman em Star Wars Episode I: The Phantom Menace devido à semelhança entre as duas atrizes, que até as mães das duas atrizes tiveram dificuldade em reconhecer quando elas estavam maquiadas para o filme.

Primeiro papel da atriz foi em 2001, quando ela interpretou a filha de Robin Hood no filme para televisão da Walt Disney Productions, Princess of Thieves, ela treinou por várias semanas no tiro ao arco, esgrima e equitação, mas seu primeiro papel importante foi em The Hole em 2001, ganhou reconhecimento em 2002 depois de co-estrelar o filme Bend It Like Beckham, mas alcançou fama internacional em 2003 quando participou de Piratas do Caribe. Depois disso, ela se tornou mais conhecida por estrelar dramas de época como Orgulho e Preconceito (2005), Desejo e Reparação (2007), A Duquesa (2008) e etc. Keira também participou de vários filmes de Hollywood, como a comédia romântica Love Actually (2003), Rei Arthur (2004), o drama The Edge of Love (2008), a ficção cientifica distópica Never Let Me Go (2010) e o mais recente filme de comédia de humor negro Procurando um amigo para o fim do mundo (2012). Seu maior sucesso financeiro até agora foi Piratas do Caribe: O Baú da Morte, lançado em julho de 2006.

Keira ganhou indicações para o Oscar de Melhor Atriz e Globo de Ouro de Melhor Atriz por seu papel de Elizabeth Bennet na adaptação do romance de Jane Austen, Orgulho e Preconceito. Dois anos depois, ela foi indicada novamente para o Globo de Ouro de Melhor Atriz e para o Prêmio BAFTA de Melhor Atriz para o filme Desejo e Reparação. Em 2008, a Forbes afirmou que Keira era a segunda atriz mais bem paga de Hollywood, tendo supostamente ganhado 32 milhões de dólares em 2007 e fazendo dela a única não americana na lista das atrizes mais bem pagas.

Keira já declarou que não fala sobre a sua vida privada. Já apareceu diversas vezes na revista FMH na lista de 100 mulheres mais sexy do mundo e em maio de 2006, ela apareceu como o número 9 na revista Maxim Hot 100. Em abril de 2006, ela se tornou o novo rosto da Chanel no perfume Coco Mademoiselle (eu adoro o comercial desse perfume).

Knightley negou rumores de que é anoréxica e até processou o Daily Mail, depois que eles alegaram que ela mentiu sobre ter anorexia. Um homem de 41 anos de idade foi acusado de assédio pela atriz em fevereiro de 2010, depois de entrar de entrar em contato com ela em várias ocasiões no Comedy Theatre em Londres.

Na vida amorosa, Keira já esteve em relacionamento com o ator Jamie Dornan entre 2003 e 2005. Ela namorou com o co-estrela de Orgulho e Preconceito Rupert Friend de 2005 a dezembro de 2010 (e até hoje não me conformo que eles terminaram). Logo depois ela começou a namorar o músico James Righton, seu atual marido, em fevereiro de 2011 e se casaram em 4 de maio de 2013 em Mazan , no sul da França que teve apenas 11 convidados e o casal agora vive no leste de Londres.

O meu Top 3 de filmes dela, é claro, são filmes de época e eu acho que ela fica perfeita em papéis assim e todos com a direção de Joe Wright:

Anna Karenina

22 - Anna Karenina

Último filme de época da Keira e adaptação do livro de Liev Tolstói (que eu quero muito ler!). A história gira em torno de Anna Karenina (Keira), uma aristocrata da Rússia Czarista que é casada com Alexei Karenin (Jude Law) que apesar de parecer que tem tudo, sente-se vazia até ter um caso extraconjugal com oficial Conde Vronsky (Aaron Johnson).

O filme foi indicado ao Oscar de melhor trilha sonora, melhor design de produção, melhor fotografia (que eu torcia para que ganhasse) e melhor figurino, mas só conseguiu o de melhor figurino que foi mais do que merecido!

Desejo e Reparação

tmb_5981_480Ainda não superei o final desse filme. Lembro que quando vi pela primeira eu fiquei tão chocada que minha mãe me perguntou se tinha acontecido algo de grave! Baseado no livro de Ian McEwan, a história se passa na Segunda Guerra Mundial. Briony (Saoirse Ronan) é uma menina de 13 anos na Inglaterra de 1935 descobre o jogo de atração entre a sua irmã Cecilia (Keira) e o filho do antigo empregado da família, Robbie Turner (James McAvoy). Por ser apaixonada por Robbie, ela acusa-o de abusar sexualmente uma amiga dela.

Keira usa esse vestido fantástico no filme que é considerado um dos vestidos mais marcantes da  história do cinema:

keira-knightley

O filme foi indicado ao Oscar de melhor trilha sonora, melhor filme, melhor roteiro adaptado e melhor atriz coadjuvante para Saoirse Ronan, mas ganhou só o de melhor trilha sonora e ganhou o Globo de Ouro de melhor filme dramático e de melhor trilha sonora.

Orgulho e Preconceito

pride-and-prejudice

Um dos meus filmes preferidos da vida e que eu nem sei quantas vezes já vi! Acho que todo mundo já sabe a história do livro/filme, né? O filme foi indicado ao Oscar de melhor trilha sonora, melhor direção de arte e melhor figurino, mas não ganhou nenhum. Keira foi indicada na categoria de melhor atriz, mas também não ganhou.

Você não viu todos esses filmes? O que você está esperando?!

natalia

The Lizzie Bennet Diaries

18 mar

my name is

Essa web série americana é uma adaptação do livro Orgulho e Preconceito de Jane Austen em forma de vlog. Foi criado por Hank Green (sim, o irmão do John Green!) e Bernie Sue. E de onde essa ideia veio? Hank teve a ideia de adaptar um romance em um vídeo blog e como Orgulho e Preconceito é o livro favorito de Hank e de sua mulher Katherine, uma coisa levou a outra…

E na minha opinião, deu certo! Consigo visualizar perfeitamente os personagens de Jane assim no século XXI, principalmente a Lydia (que é interpretada pela ótima Mary Kate Wiles, sim a mesma da paródia de Game of Thrones!).

lydia1 lydia3 lydia4

Como no livro, a mãe de Lizzie é muito ansiosa para casar suas filhas com homens ricos. Então, Lizzie (Ashley Clements) usa os vídeos para contar o que acontece na sua vida, na vida amorosa de Jane (Laura Spencer), que conhece o rico estudante de medicina Bing Lee (Christopher Sean) que se mudou para a vizinhança e sobre Darcy (Daniel Gordh), melhor amigo de Bing Lee. Tem a presença recorrente de Lydia (a irmã mais nova), Charlotte (Julia Cho – a melhor amiga) e Caroline (Jade Jessica Andres – irmã de Bing Lee)

A estreia no Youtube foi em 9 de abril de 2012, no momento tem 95 episódios com média de quatro minutos. Super rápido de assistir! Aqui tem o primeiro episódio:

 

Conheci faz pouco tempo e adorei! Mostra de forma engraçada e moderna o que acontece com esses personagens maravilhosos. E uma coisa muito legal é que você pode acompanhá-los como se fossem pessoas reais através do Twitter, Facebook e Tumblr. Para fãs do livro, como eu, está mais do que recomendado!

Site oficial: http://www.lizziebennet.com/

lydia5

natalia