Fiquei Com o Seu Número

16 maio

Capa Fiquei Com O Seu Número V5 RB.ai

“Nunca compartilhei uma caixa de entrada com ninguém na vida. Eu não esperava que a sensação fosse tão… íntima. É como se de repente compartilhássemos a gaveta de roupas íntimas ou algo parecido.”

Queria me desculpar por não postar o Pinky Wednesday de ontem, mas eu fiquei o dia todo fora de casa e não tive tempo para colocar no blog, mas semana que vem eu posto! Depois desse Especial Gatsby (que me fez ficar com mais vontade de ver o filme e mais arrependida de não ter lido o livro ainda) eu vim falar sobre um livro que eu amei!

Eu adoro livros com emails e cheios de SMS no meio da leitura, então quando me indicaram esse livro eu comprei logo que foi lançado no Brasil, que foi no ano passado, mas só li agora e que arrependimento de não ter lido antes! É simplesmente um dos melhores chick-lits que já li na vida, mas não esperava menos de Sophie Kinsella.

Poppy Wyatt perdeu o seu anel de noivado, que está na família do noivo há três gerações!  Durante sua despedida de solteira com as suas amigas em um hotel, o anel foi passando de mão em mão até que o alarme de incêndio toca e se torna uma confusão. O anel se perde no meio da confusão, ela fica louca atrás dele e dá o seu número de celular para todo mundo para que entrem em contato caso encontrem o anel, mas para piorar a situação o seu celular é roubado! E ela diz uma das melhores frases do livro: “Meu instinto é mandar uma mensagem de texto para alguém dizendo: ‘Ai, meu Deus, perdi meu celular!’ Mas como posso fazer isso sem um maldito celular?”  Já deu pra perceber que você vai soltar várias gargalhadas durante o livro né?

Sem saber o que fazer ela começa a achar que tudo está perdido até que ela acha um celular na lata de lixo e toma posse dele, afinal, o que está no lixo é de propriedade pública! O aparelho pertencia a ex-assistente do executivo Sam Roxton, que não gosta da ideia de ter o celular com todos os seus contatos e emails na mão de uma desconhecida e exige que Poppy devolva o aparelho, mas como ela não pode perder o número, eles fazem um acordo: que ela encaminhe todos os emails, mensagens e ligações para Sam até que o anel seja encontrado.

Mas a situação complicada de Poppy não termina por aí. Ela tem que lidar com os pais do seu noivo, que são gênios (como toda a família) e que fazem ela se achar inferior por ser fisioterapeuta. E com a sua cerimonialista, que joga na sua cara que o casamento está dando muito trabalho.

Sam no começo se mostra muito fechado, mas as trocas de mensagens deles são ótimas e eu sempre ficava com um sorriso no rosto. Poppy é muito engraçada e só se mete em mais confusão, como ficar bisbilhotando os emails de Sam e querer se meter no meio deles.

O final de chick-lit é previsível, mas as reviravoltas do livro foram ótimas e nada é jogado aleatoriamente. Além de ter SMS (que por si só já é engraçado) há também notas de rodapé, o que eu achei divertidíssimo. Ah, e eu também estou apaixonada pelo sorriso de Sam como a Poppy. Então se você quer um livro engraçado, por favor, leia esse! O livro é tão gostoso de ler que quando vai chegando às últimas páginas você já quer mais!

natalia

Anúncios

6 Respostas to “Fiquei Com o Seu Número”

  1. MARIANA 11/12/2013 às 12:03 #

    Terminei de ler ontem e já estou com vontade de ler de novo .
    É um livro tão envolvente que você se sente na pele da personagem . Poppy é incrivel , espirituosa , alegre como toda personagem de chick lit . Só é boazinha demais . rs
    Já o Sam , bom . kkk Adoro pessoas fechadas pq quando ele disser que gosta de você é pq realmente ele gosta .
    ótima resenha .

    PS: Sophie me respondeu no twitter ontem , fiquei tão feliz que quase cai da cadeira . kkk

    Uma pergunta : Se o livro virasse filme , quem você gostaria q interpretasse o Sam e a Poppy ?

    bjoss xx

    • Natália 11/12/2013 às 17:56 #

      O livro é ótimo e pretendo ler de novo em breve rs.
      Adoro personagens igual o Sam também!
      Fiquei feliz por ela ter te respondido também hahaha
      Olha, sempre quando tem essas personagens malucas eu imagino a Isla Fisher. Já o Sam eu não sei, talvez o Henry Cavill? Não sei, mas tem que ser um ator bonito rs;
      Já visitou o novo endereço do blog? Tem vários posts novos!
      Obrigada pelo comentário, beijo!

  2. Max Gomes 23/05/2013 às 23:54 #

    Esse livro parece ser muito legal! Fiquei morrendo de vontade de comprar desde que eu o vi pela primeira vez. -**

    • Natália 24/05/2013 às 00:44 #

      compra sim, é muito bom!

  3. Janine Stecanella 19/05/2013 às 02:42 #

    Oi Natalia!
    Sabe que eu não leio muito chick-lit? Mas esse livro é sempre tão adorado que fico com aquela pontinha de curiosidade para saber mais. Não tenho previsão de ler em breve, mas ainda quero conhecer algo da SK.

    Beijos!

    • Natália 19/05/2013 às 04:13 #

      Oi Nine!
      Eu adoro chick-lit, mas não é meu gênero favorito. Gosto de todos os livros da Sophie Kinsella que li até agora. Estava com muita expectativa para ler esse livro porque é muito comentado e não me decepcionei! Dá um chance rs
      beijo

Faça duas blogueiras felizes com uma comentada só!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: