Pinky Wednesday: Kevin Williamson

11 abr

MV5BMTUzNzE5NDA4NV5BMl5BanBnXkFtZTcwNDIzMDU2Ng@@._V1._SX640_SY782_

Você provavelmente não sabe quem é esse, mas ele faz vários sucessos por aí e é um dos poucos roteiristas que são creditados em cartazes de filmes.

Kevin Meade Williamson nasceu em 14 de março de 1965 e quando criança era um grande fã de filmes.  Foi pra faculdade com a intenção de atuar, mas só fez pequenas participações em programas de TV e filmes. Williamson se mudou para Los Angeles, em 1990, na esperança de ajudar a sua carreira, mas nada surgiu. Teve aula de roteiro na UCLA e escreveu seu primeiro roteiro Killing Sra. Tingle (que depois se tornou Teaching Mrs. Tingle – Tentação Fatal). Kevin  baseou o vilão do filme em um professor que gritou com ele na frente da classe.

 Uma noite, Kevin assistiu a um especial sobre o Gainseville Ripper e isso deu origem ao que em breve seria Scream (Pânico) em que ele escreveu o roteiro em três dias em Palm Springs. Foi lançado ao público em 20 de dezembro de 1996, teve três sequências e criou um novo capítulo na história de filmes de terror.

 Seu filme favorito é Halloween (1978) e diz que o filme é a razão pela qual começou a escrever. A maioria dos seus filmes tem um personagem chamado Casey, como em Prova Final. Se assumiu gay para os amigos e família em 1992.

Como eu não gosto de filmes de terror, decidi fazer uma lista com as três melhores séries que ele já criou.

 Dawson’s Creek (1998)

936full-dawsons-creek-photo-Cópia

Paulo Stupin, um executivo da Columbia Tri-Star Television, leu Pânico e estava convencido de que Kevin era o homem a criar uma série de televisão para a sua empresa. O resultado foi Dawson’s Creek, um conto semi-autobiográfico. Williamson foi o modelo para Dawson Leery, um romântico incurável que é obcecado por filmes, especialmente os de Steven Spielberg e Joey Potter foi baseada em uma amiga da vida real de Kevin quando ele era jovem e que representa o seu lado cínico, Pacey representa o seu lado brincalhão e Jen é o seu lado rebelde.

A série estreou em 20 de janeiro em 1998 na The WB e foi um sucesso imediato que ajudou a lançar a rede de televisão recém-criada. Em 1999, Williamson deixou o programa para se concentrar em outras atividades como Wasteland, mas logo foi cancelada. Mais tarde, ele voltou a Dawson’s Creek para escrever o final da série em duas partes em 2003.

The Vampire Diaries (2009) vampire-diaries-wallpapers-2012-the-vampire-diaries-pictures

Kevin junto com Julie Plec desenvolveu essa nova série de TV para a The CW que foi adaptada a partir de uma série de livros do mesmo nome de LJ Smith. A série segue a vida de Elena Gilbert que se apaixona pelo vampiro Stefan Salvatore e logo se vê presa em um triângulho amoroso entre Stefan e seu irmão mais velho Damon. Estreou em 10 de setembro de 2009 e tornou-se um sucesso nacional e internacional.

A história pode parecer boba, que é só mais um triângulo amoroso na televisão, mas não é! No início eu também achava isso, comecei a ver a série por causa do Ian Somerhalder (sou dessas, admito) e o que me fez continuar a assistir foi a mitologia da série que é fantástica (principalmente os originais). Você que gosta de uma história sobrenatural, dê uma chance a série!

 The Following (2013)The-Following-cast1-600x439

Ele criou recentemente The Following, que começou a ser exibida na Fox no início desse ano. Estrelando o aclamado ator Kevin Bacon, a série fala sobre um notório assassino em série Joe Carroll que escapa do corredor da morte e faz com que o FBI entre em contato com o ex-agente Ryan Hardy para dar consultoria no caso.

Quando Kevin estava escrevendo Pânico veio a história dessa série ao mesmo tempo. A série já foi renovada para uma segunda temporada, é um sucesso e é realmente boa.

Anúncios

4 Respostas to “Pinky Wednesday: Kevin Williamson”

  1. Marcelle 31/07/2013 às 00:57 #

    gostei de conhecer mais sobre ele. Nem sabia quem era, admito kk mas eu vi Tentação Fatal, é com a Katie assim como Dawson’s Creek *-*
    aliás preciso muito ver Dawson’s.
    bjs

    • Natália 31/07/2013 às 02:29 #

      Eu preciso acabar de ver Dawson’s Creek! rs
      beijo

  2. Amanda Almeida 11/04/2013 às 20:04 #

    Ola Natalia, tudo bem?
    Como você disse, eu não o conheço de nome ou de “vista” mas conheço o trabalho dele e acho muito bom. D.C foi uma de minhas séries favoritas na infância.
    TVD eu li os livros, mas ainda não tive curiosidade de ver a série, mas a maioria que assiste diz que é completamente diferente dos livros (que por sinal pra mim foram uma decepção.) The Following tenho muita vontade de ver pois só leio elogios.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    • Natália 11/04/2013 às 21:03 #

      obrigada pelo comentário Amanda!
      ainda não acabei de ver D.C, mas pretendo ainda esse ano. Li os dois primeiros livros de TVD e me decepcionei também o que só fez eu demorar a ver a série, mas quando criei coragem e comecei a ver me arrependi de não ter visto antes! Esse é um dos raros casos em que a série é melhor que o livro. E você ainda não viu The Following? corra pra ver porque é muito boa!
      beijo

Faça duas blogueiras felizes com uma comentada só!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: